Amor além da espécie

pb-017.jpg

Animais considerados incomuns tornam-se os melhores amigos do homem

Sabe aqueles bichinhos estranhos que muita gente quer distância? Pois saibam que diversas pessoas adotam aranhas, iguanas, sapos, cobras, lagartixas, furões e até urubus como seus animais de estimação; gente que não quer nem ouvir falar de cães e gatos, convivem muito bem com esses animais chamados exóticos e garantem que são mais fiéis e companheiros.

 

É o caso de Rodrigo Campos, que tem em sua casa uma iguana da espécie hypsia camaleus – a mais comum na América Latina – chamada carinhosamente de Chispita. “O mais interessante é que ao chegar em casa e começar a falar a Chispita fica andando atrás de mim. Ela sabe quem eu sou. Por isso acho que não só cães e gatos são capazes de reconhecer e amar seu dono”. Rodrigo afirma que cuidar da iguana não dá trabalho pois ela come de tudo e tem seu próprio espaço.

Assim como Campos, no Brasil cerca de 35% da população possuem registro para criar animais do tipo iguana, pequenos repteis e outros classificados como exóticos. Em contra ponto a isso, o comércio ilegal desses animais movimenta aproximadamente 15 milhões de reais por ano, conforme dados estatísticos do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente – IBAMA, valor esse que não é contabilizado nos cofres publicos e que ocasiona o desiquilibrio da fauna brasileira. Gerson Herther, coordenador do disque denúncia do IBAMA no Rio Grande do Sul, diz que muitos animais morrem antes mesmo de chegar ao seu destino. “As más condições em que são submetidos esses animais é que ocasiona a morte de centenas por dia”, afirma o coordenador. Segundo Gerson, os maiores números de denúncia são relativos a maos tratos e alimentação indevida. “Em dez anos de IBAMA ainda fico chocado com algumas cenas, realmente não sei porque algumas pessoas maltratam seus animais”.

Quem não gosta de um animalzinho de estimação, um mascote amigo que lhe faça companhia em todos os momentos. São bem poucas as crianças que tem aversão a essa idéia.

Em geral as crianças, se apegam a esses animaizinhos como seus melhores amigos, às vezes fazendo festa de aniversário, casamento, lua de mel, batizado etc., tudo é motivo de festa.

Mas, para se ter um animalzinho bonitinho e saudável devemos ter alguns cuidados especiais que citaremos para cada espécie, caso você queira fazer parte dessa galera que tanto admira e curta esses adoráveis companheiros ai vai algumas informações de extrema importância.

Anúncios

~ por lucianeisaias em novembro 27, 2007.

Uma resposta to “Amor além da espécie”

  1. têem toda a razão mas o que eu gostei foi do vidio do cão levar um ponta pé do dono e o dono levar com o ancinho nos #######!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: